CulturaPortugal

Conhece esses 10 queijos portugueses?

Os queijos portugueses – já tradicionais em épocas festivas como o Natal e a passagem de ano – têm captado cada vez mais as atenções tanto do público quanto dos mercados. E o surgimento de restaurantes e lojas especializados mostram que a variedade – mesmo em menor quantidade que os famosos franceses, belgas ou suíços – não deixa nada a desejar. E muito menos a qualidade! Seja feito com leite de cabra, de ovelha, de vaca ou uma mistura deles todos, Portugal tem um pouco de tudo.

 

O portal Conexão Lusófona listou 10 queijos portugueses que são imperdíveis para que você tenha uma ótima experiência gastronômica na próxima vez que for a uma queijaria. Com frutas, compota, pão ou simplesmente puros, aproveite a nossa seleção!

Queijo da Serra

Queijo da Serra
O Queijo Serra da Estrela (DOP) – em referência à Serra da Estrela, centro de Portugal – é feito com leite de ovelha e talvez o mais típico de Portugal. A consistência cremosa chama a atenção, assim como a forma de produção – que é toda manual. Pode-se comer como sobremesa, com mel ou compota a acompanhar (Imagem: Reprodução Divulgação)

Queijo de Cabra Transmontano Velho

Queijo transmontano velho
O Queijo de Cabra Transmontano Velho (DOP) pode ser envelhecido por até quatro meses e é feito com leite cru (ou seja, não pasteurizado) de cabra Serrana. O tempo de cura garante um travo mais picante. (Imagem: Reprodução Mundo Rural)

Queijo de Cabra Alentejano

Queijo de cabra alentejano
O Queijo de Cabra da região sul de Portugal – Alentejo – tem a sua versão fresca e a seca. O fresco é mais consumido com saladas, enquanto o seco acompanha muito bem um vinho tinto. Há variações, como o queijo curado com orégãos ou com tomate seco. (Imagem: Reprodução Câmara de Almodôvar)

Queijo de Ovelha Curado

Queijo de Ovelha Curado
Feito com leite cru de ovelha e curado por seis meses, esse queijo tem um sabor mais intenso, relacionado às especiarias. A coagulação é feita com cardo. (Imagem: Reprodução Beiralacte)

Queijo Amarelo da Beira Baixa

Queijo Amarelo
Feito com leite cru de ovelha e de cabra, o queijo Amarelo é conhecido por ser um pouco mais forte. Isso se dá justamente pela mistura dos leites. É um queijo DOP (Denominação de Origem Protegida). (Imagem: Reprodução Beiralacte)

Queijo de Ovelha Picante

Queijo de Ovelha Picante
O nome do queijo de Ovelha Picante já diz tudo: separe a água (ou o vinho) e prepare-se para uma experiência apimentada. (Imagem: Reprodução Quinta da Veiguinha)

Queijo Azeitão

Queijo de Azeitão
Azeitão é o nome da região de onde vem este delicioso queijo feito com leite de ovelha. É coagulado com cardo e também segue a lógica de produção dos queijos de Denominação de Origem Protegida (DOP) (Imagem: Reprodução Victor Fernandes)

Queijo da Ilha de São Jorge

Queijo ilha de São Jorge
Os Açores concentram grande parte dos queijos de vaca de Portugal e a Ilha de São Jorge tem um com cura de 24 meses que faz uma grande combinação com mel e nozes. É um queijo DOP. (Imagem: Reprodução Divulgação)

Queijo Terrincho Velho

Queijo Terrincho Velho
Feito com leite cru de ovelha Churra da Terra Quente, o Terrincho Velho tem uma capa de pimentão e combina muito bem com vinhos mais secos. (Imagem: Reprodução Quinta da Veiguinha)

Queijo de Cabra da Beira Baixa

Queijo de Cabra Curado
O queijo de Cabra Curado, produzido na região da Beira Baixa, tem uma textura semi-dura e faz uma excelente combinação com figos em calda ou mel. (Imagem: Reprodução Beiralacte)

 

Previous post

Mundial de Surfe: atleta invisual portuguesa conquista bronze

Next post

Número de negros mortos no Brasil é igual à população da Islândia

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *