CulturaMoçambiquePaíses

As dez frases mais inspiradoras de Mia Couto

Infelizmente, Mia Couto não ganhou o Man Booker International Prize 2015. O prêmio, um dos mais importantes da literatura mundial, ficou com o Húngaro László Krasznahorkai. Mia Couto é o primeiro autor de língua portuguesa a figurar entre os finalistas.

 

VEJA TAMBÉM

 

E porque independentemente do resultado do prêmio a nossa cultura deve ser celebrada, separamos algumas das nossas frases favoritas do autor, para você curtir e compartilhar…

 

1 – “Sobre o livro Terra sonâmbula, eu descobri que o que faz andar a estrada é o sonho. É o sonho que deve nos mover como seres humanos”.

2 – “O bom do caminho é haver volta. Para ida sem vinda basta o tempo”.

3 – “Todas as influências são parte de mim, que dão vazão na palavra, que constrói e inventa”.

4 – “A maior desgraça de uma nação pobre é que em vez de produzir riqueza, produz ricos”.

5 – “A nossa língua comum foi construída por laços antigos, tão antigos que por vezes lhes perdemos o rasto”.

6 – “O importante não é a casa onde moramos. Mas onde, em nós, a casa mora”.

7 – “Rir junto é melhor que falar a mesma língua. Ou talvez o riso seja uma língua anterior que fomos perdendo à medida que o mundo foi deixando de ser nosso”.

8 – “A descoberta de um lugar exige a temporária morte do viajante”.

9 – “O mar foi ontem o que o idioma pode ser hoje, basta vencer alguns Adamastores”.

10 – “Quem vive num labirinto, tem fome de caminhos”.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *