AngolaBrasilCabo VerdeCulturaEducaçãoMoçambiqueSão Tomé e PríncipeSociedadeUncategorized

Cabo Verde e São Tomé e Príncipe vão aderir em breve ao novo acordo ortográfico

(Imagem: Reprodução colunas.gospelmais)

Depois de em Portugal o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa se ter tornado obrigatório, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe vão integrá-lo ao seu dicionário.

A diretora executiva do Instituto Internacional de Língua Portuguesa (IILP), Marisa Mendonça, durante uma conferência para assinalar o Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), afirmou que Cabo Verde está a avançar no processo de execução e de validação do acordo, podendo este vir a ser introduzido no vocabulário ainda este mês. São Tomé e Príncipe também adotará o acordo, até ao final do ano.

Em Cabo Verde, o AO foi aprovado em Conselho de Ministros em 2009. No entanto, a presidente da Comissão Nacional das Línguas Cabo-verdianas, Cláudia Silva, relembra que a moratória aprovada pelo executivo termina no próximo mês de outubro.

O uso do novo acordo é obrigatório desde ontem em Portugal. No Brasil, a obrigatoriedade está marcada para 1º de janeiro, enquanto Guiné-Bissau aprovou a adoção, embora não tenha fixado uma data para a implementação. Já os governos de Angola e Moçambique ainda não aceitaram. Entretanto, em Timor-Leste o governo ainda continua a debater sobre o assunto e, por isso, o acordo ainda está longe de ser adotado.

Previous post

Concerto Gira-Disk Conexão é já este sábado!

Next post

Mais da metade das mulheres moçambicanas já foram vítimas de violência

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *