AngolaEconomiaPortugalSociedade

Há cada vez menos portugueses a emigrar para Angola

Segundo dados divulgados pelas consulados angolanos em Lisboa e no Porto, e compilados pelo Observatório da Emigração, os registos de emigração portuguesa no país africano têm apresentado um decréscimo percentual significativo face aos anos anteriores. Em 2017, foram 2.962 portugueses que fizeram as malas e embarcaram rumo a uma nova vida em Angola; esses valores revelam que a queda percentual ronda os 24% quando comparada com o ano anterior, de 2016.

 

O panorama de diminuição da emigração portuguesa em Angola não é propriamente uma novidade de 2017, principalmente quando observamos dados de 2015, no qual entraram 6.715 portugueses no país – o valor mais alto registado pelos consultados, entre 2013 e 2017 -, e o comparamos com 2016. Nesse ano, a queda percentual rondou os 42%, o que aponta para a conclusão de que esta é uma tendência que poderá continuar a verificar-se nos próximos anos.

 

VEJA TAMBÉM

 

(Imagem: Reprodução Vidigal, Inês (2018), “Menos entradas de portugueses em Angola pelo segundo ano consecutivo”, Observatório da Emigração)

 

A crise dos preços de petróleo em Angola, uma das principais razões para a recessão que o país vive no momento atual, bem como a progressiva melhoria da situação económica e financeira de Portugal são apontados como os principais motores desta mudança.

Previous post

​Macau divulga app de apoio e prevenção a desastres naturais

Next post

Investigadores brasileiros criam super-macarrão nutricional que previne a diabetes

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *