Grandes IdeiasNotíciasPortugal

Não é ilusão: as passadeiras 3D já chegaram a Portugal

Parece que a ilusão tridimensional saiu das salas de cinema para se mudar para as estradas. É verdade, já existem passadeiras 3D em Portugal, mais especificamente na cidade da Maia, no distrito do Porto. A instalação, que é pioneira no país, aconteceu por meio de uma parceria entre a Câmara Municipal maiata, uma empresa de amortecedores (a Monroe) e o piloto português Tiago Monteiro. O local escolhido para a inauguração desta “zebra” inovadora foi junto ao Colégio Novo da Maia, na Avenida Monte Penedo, em Milheirós, a escola onde os filhos do piloto estudam.

 

A implementação deste tipo de passadeiras é feita através da pintura, tal como nas passadeiras convencionais, mas de forma diferente do habitual: é desenhada com o propósito de gerar uma ilusão de ótica aos automobilistas, a partir de uma certa distância. Assim, e com o intuito de aumentar a segurança rodoviária, estas faixas brancas parecem um obstáculo flutuante que leva os condutores a abrandar.

 

Veja o vídeo da reportagem institucional, divulgado pela Câmara Municipal da Maia.

 

A nova passadeira maiata é pioneira em Portugal e uma das primeiras a existir em território europeu. Futuramente, e tal como divulgado pelo vídeo da Câmara Municipal, o objetivo é que sejam instaladas por todo o concelho. Porém, estas passadeiras tridimensionais já foram implementadas noutros países do globo, como o Japão, a China, a Índia, o Canadá e a Islândia. Resta, agora, perceber o real impacto que esta grande ideia terá, ou não, no aumento da segurança rodoviária, em particular para os peões.

 

VEJA TAMBÉM

Previous post

Governo de Cabo Verde é acusado de censurar a imprensa nacional

Next post

Aviso à comunidade feminina: primeiro chocolate “anti-TPM” chega ao mercado brasileiro em 2019

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *