AngolaCulturaPaíses

Centro histórico em Angola é candidato a patrimônio mundial

(Imagem: Reprodução worldmapz.com)

O governo de Angola formalizou nesta semana a candidatura do centro histórico de Mbanza Congo, província do Zaire, a patrimônio mundial da UNESCO. A organização internacional vai agora enviar uma equipe para comprovar no terreno os dados do documento apresentado.

O projeto “Mbanza Congo, cidade a desenterrar para preservar”, que tem como principal propósito a inscrição no patrimônio mundial da UNESCO, foi oficialmente lançado em 2007.

Mbanza Congo era a capital do antigo Reino do Congo, fundada no século XIII, estando classificada como patrimônio cultural nacional desde 2013, condição indispensável para a candidatura a patrimônio da UNESCO.

O centro histórico inclui ruínas e espaços alvo de escavações e estudos arqueológicos, bem como o local denominado de “Tadi dia Bukukua“, o antigo palácio real. Foi, ainda, feito o levantamento da missão católica, da casa do secretário do rei, do túmulo de Dona Mpolo (mãe do rei D. Afonso I) e do cemitério dos reis do antigo Reino do Congo.

A propósito da candidatura, a ministra da Cultura de Angola, Rosa Cruz e Silva, sublinhou a “urbanidade africana tropical antiga” da cidade histórica, e afirmou que acredita no aceite da candidatura.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.