CulturaPortugalTurismo

Cafés com História | Cafés with History

Leya

 

Em 2014 foi lançada a Rota dos Cafés com História como forma de divulgar e preservar o património de indiscutível valor destes espaços. Agora a rota passou a livro com 23 cafés históricos situados de norte a sul do país.

 

Há cafés onde se respiram e se escutam histórias, conversas, troca de ideias que acabaram por ditar a cultura, a literatura e a política ao longo dos anos. Locais por onde passaram figuras marcantes e incontornáveis da nossa história e que faziam parte da vida intelectual de uma época. Em 2014 foi lançada a rota de Cafés com História com o objetivo de divulgar esses mesmos espaços, não só das grandes cidades como Lisboa e Porto, mas também em outras pequenas localidades espalhadas um pouco por todo o país. Vítor Marques, gerente do café de Santa Cruz, foi o mentor do projeto e quis sobretudo fazer uma divulgação mais vasta destes espaços com história, para além dos mais conhecidos nas grandes cidades. Para isso, fez-se à estrada e percorreu o país de norte a sul e em 2014 foi oficialmente divulgada a rota no café de Santa Cruz. O seu principal objetivo foi sobretudo realçar o papel dos cafés na vida cultural e social da cidade e mostrar que devem ser também um local a visitar. Tal como Vítor Marques refere ‘’promover a vida aos cafés quando se vai a uma cidade’’.

 

São 23 cafés em 12 cidades do país que estão agora ilustrados em livro. Ficaram de fora mais 16 por limitação de meios em que incluía espaços nos arquipélagos dos Açores e Madeira. O livro editado pela Caleidoscópio e assinado por Nuno F. Santos, conta com versão em língua inglesa. Os CTT também pegaram na ideia e lançaram uma coleção de seis selos, seguindo-se a edição futura de um outro livro com base na lista dos mesmos 23 cafés. Estes são alguns dos cafés com história presentes no roteiro, com fotografias de Jorge Simões.

In 2014, the Route of the Coffee Houses with a bit of History was launched as a way to promote and preserve the undisputable value of these spaces. At present, the route has been transcribed into a book, mentioning more than 23 historical coffee places situated North and South of the country.

 

There are cafés where one could breath and listen to the stories, talks and ideas being exchanged, cafés that ended up dictating the culture, literature and politics of the years. Places where prominent and unforgettable figures of the history went to, people that were part of the intellectual life of that time.
In 2014, the Route of the Coffee Houses with a bit of History was launched having the objective of revealing some of these spaces, not only from big cities such as Lisbon and Porto, but from other smaller cities spread across the entire country. Vítor Marques, director of the Santa Cruz café, was the project’s main supporter and he wanted, above all, to present as much as possible the history of all the cafés, beyond the ones that were most known in the cities. To achieve this, he travelled from the North to the South of the country. And, in 2014, the café de Santa Cruz route was officially made public. His main objective was more than anything to highlight the role of the cafés in the cultural and social life of the city, and show that caféas are a place to visit as well. As Vítor Marques says ´promote the life of cafés when you go to the city´.

 

There are 23 cafés, in 12 cities of the country, that appear now in the book. 16 were left out because of geographical limitations and include spaces in the Açores and Madeira archipelagos. The book, edited by Caleidoscópio and signed by Nuno F. Santos, was translated in English too. The CTT liked the idea and launched a collection of 6 stamps, and followed the release of a future edition of a book that bases its covers on the same 23 cafés. These are some of the cafés with a bit of history, part of the route. Images are by Jorge Simões.

Fonte: Publico

Café ”A Brasileira” desde 1907, Braga.

Imagem: Reprodução Radio Renascença 
Imagem: Reprodução Radio Renascença 

Café ”Piolho”, desde 1909, Porto.

Imagem: Reprodução Radio Renascença 
Imagem: Reprodução Radio Renascença 

Café ”Santa Cruz”, desde 1923, Coimbra.

Imagem: Reprodução Radio Renascença 
Imagem: Reprodução Radio Renascença 

Pastelaria Benard, desde 1868, Lisboa

Imagem: Reprodução Radio Renascença 
Imagem: Reprodução Radio Renascença 

Café ”Arcada”, desde 1942, Évora.

Imagem: Reprodução Radio Renascença 
Imagem: Reprodução Radio Renascença 

Café ”Calcinha”, desde 1928, Loulé.

Imagem: Reprodução Radio Renascença 
Imagem: Reprodução Radio Renascença

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.