DesportoPortugal

Domingo de ouro para o desporto português

Leya

Se você ainda duvida que este 10 de julho ficará para sempre marcado na história de Portugal, listamos aqui cinco motivos:

 

Ouro para Sara Moreira e bronze para Jessica Augusto na meia-maratona dos Europeus de Amsterdã

Na sua estreia da meia-maratona em Europeus, Sara Moreira completou o percurso em 1:10:19 horas. Em segundo lugar ficou a italiana Verónica Inglese, com 16 segundos a mais, enquanto Jessica Augusto ficou com a medalha de bronze, ao fechar o pódio com mais 36 segundos do que a sua compatriota.

Patrícia Mamona, campeã da Europa em triplo salto

(Imagem: Reprodução Público)
(Imagem: Reprodução Público)

Patrícia Mamona triunfou na final do triplo salto, conseguindo a medalha de ouro com um novo recorde nacional (14,58m), alcançado no último salto. Este foi o terceiro título europeu da atleta do Sporting.

Rui Costa foi segundo lugar na 9ª etapa da Volta à França

(Imagem: Reprodução Público)
(Imagem: Reprodução Público)

Rui Costa conquistou o segundo lugar na nona etapa da Volta a França, ficando somente 38 segundos atrás do holandês Tom Dumoulin. O segundo lugar da prova permitiu ao português da Lampre-Merida dar um salto de 24 posições na classificação geral (ocupa o 48º lugar).

Bronze no lançamento de peso

em>(Imagem: Reprodução Público)
em>(Imagem: Reprodução Público)

Tsanko Arnaudov conquistou para Portugal a medalha de bronze no lançamento do peso. O atleta de origem búlgara conseguiu como melhor arremesso 20,59 metros, completando o pódio com o ouro David Storl (Alemanha) e a prata de Michal Haratyk (Polônia).

Seleção portuguesa campeã da Eurocopa

(Imagem: Reprodução)
(Imagem: Reprodução)

No futebol, o domingo foi de fazer o coração quase parar repetidas vezes.  Quando ainda ao início da partida, Cristiano Ronaldo foi retirado de campo aos prantos; quando São Patrício defendeu com garra a goleira portuguesa; e, finalmente, quando os portugueses puderam respirar aliviados e gritar pela primeira vez na história que são campeões da Eurocopa.

 

Ganhar da França em casa é possível? É, sim senhor!

(Imagem: Reprodução Público)
(Imagem: Reprodução Público)

Foi só ao final da prorrogação, já quando um país inteiro dava por certo ter que enfrentar a emoção dos fatídicos pênaltis, que o luso-guineense Éder vingou Cristiano Ronaldo e fechou com chave de ouro este domingo histórico para os portugueses: je suis désolée, la France, Portugal é campeão da Europa! E não só no futebol!

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.