CulturaPortugalTurismo

O desconhecido e mágico Carnaval de Trás-os-Montes | The unknown and magical Carnival of Trás-os-Montes

Leya

 

É Carnaval, época de grande folia e diversão! Como se costuma dizer: “É Carnaval, ninguém leva a mal”! Por isso, tudo vale! É altura de pregar partidas, de fazer disparates, de mandar bombinhas mal cheirosas para o chão, de atirar balões de água e tirar do armário o vestido mais foleiro. Ninguém se acusa de andar mal vestido. É Carnaval, pois então! E a risada é geral.

 

O chamado Entrudo serve para designar o período que antecede a Páscoa e tem origem no latim – Introitu – Início. Esta celebração, existe muito antes do nascimento de Cristo e estava relacionada com os cultos pagãos dedicados à fertilidade, o regresso à luz e à abundância. E isto acontecia um pouco por todo o lado – no antigo Egipto havia o culto a Isis e a Apis, em Atenas celebravam-se ‘’festas de Bacanais’’, dedicadas a Dionísio, enquanto que os romanos faziam, na mesma altura, o culto a Saturno, protetor da agricultura e das sementeiras.

 

A Igreja Católica tentou apropriar as celebrações pagãs, como forma de não excluir de todo estas tradições e os cristãos podiam, assim, despedirem-se em grande dos prazeres da carne antes da Quaresma.

It’s Carnival, season of great fun! Here as we normally say – “It’s Carnival so no one will be offended”. So, anything goes! It is time to play pranks, make something really foolish, throw small, smelly firecrackers on the floor, or  water balloons and take out the ugliest dress you can find in your wardrobe. No one accuses you of being badly dressed. It’s Carnival! Laugh out loud

 

The so called Entrudo means the period before Easter and the word comes from the Latin – Introitu – which means beginning. This celebration has its origins much before the birth of Christ and is related to the Pagan cults dedicated to fertility, the return of the light and abundance. And this happened a bit everywhere – in old Egypt there was the cult of Isis and Apis, in Athens there were the feasts dedicated to Dionysus, while the Romans, during the same period dedicated their cult to Saturn, god protector of agriculture and harvest.

 

The Catholic Church adapted the pagan celebrations, in a way to exclude all those traditions and the new Christians could this way say goodbye to the fleshy pleasures before Easter.

Imagem: Reprodução Viagem Itália 
E Em Portugal, como em qualquer outro país católico, celebra-se o Carnaval com euforia um pouco por todo o país. Existem alguns locais como Torres Vedras, Ovar, Estarreja, Alcobaça, Silves ou até mesmo no Funchal onde se celebra com grandes cortejos, carros alegóricos a desfilar histórias com humor mordaz sobre a situação política, social e futebolística do país, ao som de ritmos brasileiros.

 

Mas longe destes cortejos e algazarra, vamos mostrar um Carnaval diferente, na região de Trás-os-Montes, Macedo de Cavaleiros, mais precisamente em Podence. E o que há em Podence, essa terra em que grande maioria de nós nunca ouvimos falar? Pois, apresentamos os Caretos de Podence. Ficaram ainda confusos?

In Portugal we celebrate Carnival with great joy and you find celebrations almost everywhere in the country. There are some places which held the tradition like Torres Vedras, Ovar, Alcobaça, Estarreja, Silves and even Funchal, Madeira where you can see big parades, telling sarcastic humorous stories about politicians, social and football figures by the sound of Brazilian music.

 

But away from these parades and confusion, we’re about to show you a different Carnival, further away in the interior north of the country, a region called Trás-os-Montes, in a village called Podence, Macedo de Cavaleiros. And what is there in Podence, this village we have never heard about? Well, we present you the Caretos of Podence. Confused already?

Imagem: Reprodução El Cuaderno de Mari 
Passamos a explicar: os Caretos já têm marca registada e representam a celebração carnavalesca, com fortes influências pagãs. Chega-se ao mês de Fevereiro e os homens de Podence vestem-se com os fatos coloridos que vemos na imagem, feitos com colchas franjadas de lã ou de linho, em teares caseiros. Usam uma máscara e prendem uma enfiada de chocalhos à cintura e campainhas, correndo pelas ruas, celebrando os dias maiores que estão quase a chegar.

 

Dizem que esta tradição remonta ao tempo dos romanos em que se faziam as celebrações ao já referido deus Saturno e no século XX esta tradição esteve mesmo quase a desaparecer durante a época da ditadura e o fenómeno da emigração. Contudo, retomou com força uma e hoje em dia contam-se com mais de 400 homens disfarçados de caretos a invadirem a praça na aldeia domingo e terça-feira de entrudo.

 

E ao que parece o futuro está garantido, com crianças a participar – os chamados Facanitos, vestidos com as mesmas fatiotas coloridas dos adultos.

We now explain: the Caretos are already a trademark and they represent a celebration with pagan influences. As soon as February arrives the men of Podence dress themselves with these colourful suits as you can see in the above picture, made with quilts of wool and linen by home looms. They use a mask and they tie around their waist several cowbells and they go running celebrating the biggest days which are almost coming.

 

It says that this tradition goes back to the Romans and in the 20th century, it was almost disappearing during the dictatorship and emigration. But today we can see more than 400 men disguised with Caretos’ costumes invading the village’s main square on Sunday and Mardi Gras.

 

And it seems that the future is guaranteed with lots of children participating – the Facanitos, dressed in the same colourful costume.

Imagem: Reprodução Wikipedia 
Atenção, raparigas solteiras! Os caretos são uns foliões e gostam de correr atrás delas, dançando à sua volta com o som dos chocalhos.
No final das festas, dá-se a queima de um boneco gigante que representa o Entrudo, dando o fim à folia e à diversão. Mas para o ano há mais!

 

Fonte: História de Carnaval consultada aqui. | Fonte sobre o Carnaval em Podence aqui.

Attention single ladies! The caretos are a bit naughty and they like to run after the single girls, dancing around them with the sound of the cowbells.
At the end of the celebrations, there is the burning of a big  straw doll, representing the Entrudo, and ending with all the fun. Don’t worry! Next year there will be more!

 

Source on the History of Carnival here (Portuguese only). | Source on the Carnival of Podence here (Portuguese only).

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.