EconomiaMoçambiquePolítica

Conferência discute o papel da juventude moçambicana no contexto de tensão política e crise económica

Leya

 

Numa conferência denominada “Pensar Moçambique”, cujo lema era “Juventude e a agenda da Paz”, o Parlamento Juvenil, um dos maiores e mais interventivos movimentos sociais em prol da juventude moçambicana, promoveu uma grande conferência que visava pensar e debater a actual crise político-militar e económica que o país atravessa.

 

A conferência, que decorreu na cidade de Maputo, contou com a presença de um dos acadêmicos mais conceituados do país, Severino Ngoenha, que falou da situação económica e política do país, tendo destacado que Moçambique debate-se com uma crise de valores profunda que se baseia nas desigualdades sociais entre os pobres e ricos.

 

Igualmente existiram três temas transversais.

– “O custo da paz e a Democracia”, cuja essência era mapear mecanismos e caminhos efectivos conducentes à busca de soluções para uma paz alargada e duradoira, alicerçada no aprofundamento da democracia em Moçambique

 

– “O papel da legislação eleitoral na prevenção de conflitos pós-eleitorais em Moçambique”, que analisou como a legislação eleitoral pode se transformar num factor de estabilidade e consenso no país.

 

– “Monitoria do Diálogo para a Paz e da situação económica nacional: Como avançar?”, que visava identificar mecanismos eficazes de advocacia e monitoria do diálogo para a paz e recuperação económica nacional.

 

Na essência, do debate acordou-se que é preciso que a juventude desencadeie uma acção popular colectiva com vista a terminar com actual clima de hostilidades que se vive no país para o restabelecimento da paz.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *