AngolaEconomiaMoçambique

As moedas nacionais de Angola e Moçambique estão entre as dez que mais desvalorizaram em 2016

Leya

 

As moedas nacionais de Angola e Moçambique estão entre as dez que mais se desvalorizaram durante o ano passado, com o kwanza (de Angola) a cair quase 20% e o Metical (de Moçambique) a perder mais de 30%. Assim, de acordo com a evolução das moedas nacionais durante 2016, figuraram entre as dez piores, só superadas pelas moedas da Nigéria, Venezuela, Suriname e Egipto.

 

A moeda angolana desvalorizou oficialmente 18,9%, ficando ligeiramente melhor do que a moeda moçambicana, à frente das moedas da Mongólia, Congo e Serra Leoa. Os dois países da CPLP, enfrentam um significativo abrandamento económico decorrente da quebra dos preços das matérias-primas, nomeadamente do petróleo, e do próprio crescimento mundial.

 

O Fundo Monetário Internacional (FMI) e os doadores do Orçamento do Estado suspenderam a ajuda a Moçambique em Abril de 2016, no seguimento da divulgação de empréstimos ocultos garantidos pelo Governo, entre 2013 e 2014, no valor de mais de 1,4 mil milhões de dólares (1,2 mil milhões de euros), e que se somaram aos encargos já conhecidos da Empresa Moçambicana de Atum (Ematum), contratados em igual circunstância.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.