BrasilEconomiaPaísesUncategorized

Brasil e China ligarão Oceano Atlântico e Pacifico através de linha férrea

(Imagem: Reprodução Wikimedia)

 

A presidente Dilma Rousseff e o 1º Ministro Chinês Li Keqiang deram a conhecer recentemente que encontra-se em estudo de viabilidade a construção de uma ferrovia transoceânica entre o Litoral Atlântico do Brasil e o oceano pacífico, através do Peru.

O percurso previsto parte da Ferroviária Norte em Campinorte (Estado do Tocantins), passando por Lucas do Rio Verde (Estado do Mato Grosso), pelo Acre e em seguida atravessa a cordilheira dos Andes, terminando em um porto do Peru, relatou a presidente brasileira através do Blog do Planalto.

O orçamento do novo percurso ferroviário está estimado em cerca de 50 milhões de dólares (aproximadamente 44 milhões de euros), investimento suportado pelo acordo feito entre a Caixa Económica Federal (2º maior banco público brasileiro) e o Banco Industrial e Comercial da China.

Dilma não deixou de lado os agradecimentos ao representante peruano, Ollanta Humala, afirmando que a nova travessia pelo continente sul-americano será uma rampa para a Ásia, saindo do Brasil.

Com a visita de Li Keqiang ao Brasil, foram assinados 35 acordos bilaterais entre os dois países, que têm por objetivo acelerar o desenvolvimento da economia brasileira, vincou o Ministro brasileiro das Relações Exteriores. O plano prevê a construção de infraestruturas, o desenvolvimento do comércio, a exploração de minas e maior diversificação da matriz energética, com um orçamento total avaliado em 53,5 mil milhões de dólares (aproximadamente 47 mil milhões de euros).

Um exemplo é o acordo assinado entre o Banco da China e a Bolsa de Valores de São Paulo para prover acesso chinês ao mercado brasileiro de capitais.

 

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.