EconomiaPolíticaPortugal

Está sempre a dizer que fazia melhor que o Governo? Está na hora de o provar

Criticar todas as medidas governativas é um clássico, não só portuguê, mas de todos os países. Mas quem o faz, não poucas vezes se depara com o argumento “então se fosses tu a mandar o que farias diferente?”.

 

Até hoje não havia forma (fiável) de responder a esta provocação, mas isso acabou. O jornal Expresso e a consultora Delloitte associaram-se ao Projeto Farol e criaram um simulador de Orçamentos de Estado.

 

O que é um simulador de orçamentos de Estado? É isso mesmo que está a pensar, uma aplicação informática onde pode, sem grande esforço, ver as regras e as propostas do Orçamento de Estado do atual executivo e fazer as suas alterações, até chegar ao seu próprio Orçamento de Estado.

 

Contribuições para a Segurança Social, IVA, IRS, IRC, Receita fiscal dos Municípios e das Regiões Autónomas, Impostos sobre Produtos Petrolíferos e energéticos, Imposto de Selo e Imposto sobre o Consumo e o Tabaco, reduza ou aumente cada uma destas fontes de receita do Estado a seu bel-prazer.

 

Decida também o montante a gastar com Segurança Social, Finanças, Municípios e Regiões Autónomas, Saúdes, Educação e Ciência, Defesa Nacional e Administração Interna, Economia, Ambiente Ordenamento do Território e Energia, e Agricultura e Mar, Justiça, Outros Órgãos de Soberania, Solidariedade e Emprego.

 

No fim veja na prática no que se traduziria as suas dotações orçamentais, compare com as do executivo e tire de uma vez por todas as dúvidas sobre se fazia ou não melhor.

 

Se chegar à conclusão que até fazia, já só lhe falta candidatar-se e convencer mais uns quantos disso mesmo. Imprima a folha final como prova, quem sabe um dia não consegue mesmo?

Boa sorte!!!

 

Fazer Orçamento de Estado

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.