DestaqueEducaçãoPortugal

NASA, Harvard e outras instituições americanas chamam por portugueses

Leya

 

Já conhece o PAPSummer? Não? Não se preocupe que nós já o apresentamos.

 

PAPS é a sigla que designa a Portuguese-American Post-Graduate Society, uma associação criada em 1998, com o objetivo de promover os estudantes, pesquisadores e empreendedores portugueses, junto do mundo académico da América do Norte.

 

Desde o ano passado que a PAPS criou o PAPSummer, um programa de estágio, com a duração de quatro semanas, que visa colocar alunos portugueses do ensino superior (licenciatura e mestrado) em instituições de ensino estado-unidenses ou canadianas.

 

Os estagiários escolhidos serão orientados por membros da PAPS, que assim adquirirem experiência enquanto formadores e orientadores estudantis.

 

A PAPS atribui a cada estudante selecionado uma bolsa que suporta os custos de deslocação, o alojamento e a estadia durante o tempo de estágio.

 

Existem vagas abertas na área de cinema (em Nova Iorque, com Pedro Marnoto Pereira na Park Bench Pictures), biologia (Com Dário F. De Jesus, na Escola Médica de Harvard, em Cambridge), biologia molecular (na mesma instituição, com Ricardo Mouro Pinto), medicina regenerativa (em Miami, com Susana Cerqueia, na Escola de Medicina Miller) e física e astronomia (com Cristina Oliveira, em Baltimore, na NASA).

 

As candidaturas estão abertas até ao dia 31 de março.

 

Clique aqui para saber mais sobre os estágios e candidatar-se aos mesmos

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.