Desporto

Nuno Vitorino, leva Portugal pela primeira vez ao Mundial de Surf Adaptado

É histórico. Portugal vai marcar presença numa das competições mais importantes do surf adaptado. Uma participação importante para a Federação Portuguesa de Surf, uma vez que se trata da estreia das cores nacionais neste evento.

 

Nuno Vitorino, antigo nadador olímpico, é quem vai representar a bandeira portuguesa na edição do Mundial ISA de Surf Adaptado a decorrer em La Jolla, na Califórnia, nos Estados Unidos entre os dias 29 de novembro e 3 de dezembro. João Aranha, presidente da Federação Portuguesa de Surf, revelou que “há mais de dois anos que estamos a trabalhar para chegar ao Mundial de surf adaptado, finalmente conseguimos”, demonstrando assim que foi um trabalho coletivo para este acontecimento.  

 

João Aranha considerou ainda que “independentemente do resultado, a presença de um atleta português é já uma vitória e um reconhecimento do esforço que muitos têm feito”.

 

Nuno Vitorino, que ficou tetraplégico aos 18 anos, após ter sido atingido com um tiro disparado acidentalmente por um amigo que manuseava uma arma de fogo, fez bodyboard desde os 12 anos até à data do acidente. Em 2009 voltou ao mar e a partir daí nunca mais parou, uma fonte de inspiração para milhares de pessoas, tanto dentro como fora de água.

 

Além de competidor, Nuno Vitorino é também presidente da SURFaddict (Associação Portuguesa de Surf Adaptado) e  frisou em entrevista ao canal Surf Portugal, que “o objetivo é chegar à final. Vou lá para ir à final. Se as circunstâncias me vão permitir lá chegar é outra coisa. Mas o meu objetivo é esse”.

 

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.