AngolaNotíciasPolítica

Reino Unido tem £750 milhões para infraestrutura de Angola

Em visita oficial à Luanda, capital de Angola, a baronesa Lindsay Northover – enviada da primeira-ministra britânica Theresa May para assuntos de Comércio – destacou que o Reino Unido tem intenção em investir cerca de 750 milhões de libras (algo em torno de 860 milhões de Euros) em projetos que desenvolvam a infraestrutura do país, em áreas como Energia. O foco será nas obras estabelecidas como prioridade pelo Plano de Desenvolvimento Nacional de Angola.

 

Veja Também

Angola e Zâmbia assinam acordo na área de petróleo e gás

O lixo de Luanda pode tornar-se energia

20 mil barris de petróleo por dia: eis o pagamento de Angola ao Brasil para manter financiamento

 

Baronesa Northover em Angola; cooperação na área de energia já está em andamento
Baronesa Northover em Angola; cooperação na área de energia já está em andamento (Imagem: Reprodução MacauHub)

Os investimentos na área da Energia já começaram, com o apoio financeiro à construção e manutenção das subestações elétricas de Viana e da Gabela, que distribuirá energia elétrica para a região de Cuanza-Sul e Luanda (região altamente industrializada). A baronesa esteve no país para reunião com o ministro das Finanças angolano, Archer Mangueira, com vistas a escolher outros projetos prioritários.

 

Lindsay Northover – que está acompanhada de representantes da Agência de Crédito à Exportação do Reino Unido (UKEF) – ainda se encontrará com autoridades dos Ministérios da Saúde; Energia e Águas; Transportes; Recursos Minerais e Petróleos e Agricultura, além de reunião com o governador de Luanda. Haverá ainda mesa redonda de negócios na Câmara de Comércio Reino Unido-Angola.

 

O Reino Unido possui grandes empresas instaladas em Angola, como a Rolls Royce, KCA Deutag, Aggeko, HSBC, Standard Charted, IQA/Elecnor, Incatema e ASGC. Além da melhoria da qualidade de vida da população, o crescimento da indústria também exige o aumento de produção de energia elétrica.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.