DestaqueSustentabilidade

Restos da agroindústria podem virar plástico 100% biodegradável

2 min

Um plástico 100% biodegradável que desaparece da natureza em 120 dias foi criado pelo Departamento de Química da Universidade de São Paulo, no Brasil. O polímero sintético criado tem qualidades técnicas tão eficazes quanto o plástico comum. Os estudos estão em andamento, mas a expectativa é poder liberar para a produção em massa em pouco tempo.

 

A pesquisa é da química Bianca Chieregato Maniglia e sua equipe, que utilizam amido presente em resíduos agroindustriais de cúrcuma, babaçu e urucum. A reutilização e reciclagem dos restos da agroindústria têm a vantagem de ser oriundas de fontes renováveis, ao contrário do petróleo – tradicionalmente usado na produção de plástico.

 

A ideia é que o plástico 100% biodegradável seja uma alternativa direta ao comum, pois é uma alternativa barata, com qualidade igual ao plástico comum e extremamente benéfica ao meio ambiente.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.