AngolaBrasilCabo VerdeGuiné-BissauMoçambiqueOportunidadesSão Tomé e Príncipe

Unilab abre vagas para estudantes de países africanos de língua portuguesa

Leya

Estão disponíveis para os estudantes oriundos dos Países Africanos de Língua Portuguesa, um total de 640 vagas, tendo o segundo período lectivo de 2017 um total de 270 vagas e o primeiro período lectivo de 2018,  370 vagas para todos interessados em ingressar na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab).

 

Sobre a Unilab

A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) é uma instituição federal brasileira de educação superior, cuja missão institucional é formar pessoas para contribuir com a integração entre o Brasil e os demais países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), especialmente os países africanos. Localizada no interior do Nordeste brasileiro, a Unilab reúne os desafios da internacionalização e da interiorização do ensino superior, para que, por meio do ensino, pesquisa e extensão, promova a construção e o intercâmbio de conhecimento, com pertinência social, além de contribuir com o desenvolvimento regional.

 

Os interessados em concorrer às vagas terão que ser maiores de 18 anos, ter completado o ensino secundário e terão que ser naturais de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

 

(Imagem: Reprodução Minuta Unilab)

 

Todas as informações sobre a candidatura podem ser consultadas neste site, bem como nas Missões Diplomáticas brasileiras em Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe. Recomenda-se aos interessados a uma leitura atenta do edital. O Processo Selectivo de Estudantes Estrangeiros Unilab 2017, ocorre de 1 a 14 de julho, via Sistema de Seleção de Estrangeiros (Selest).

 

 

 

 

 

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.