CulturaMundoPaísesTurismo

Veja as 10 melhores fotografias de viajantes deste ano para a National Geographic

(Imagem: Reprodução NY Daily News)

 

A prestigiada revista National Geographic já deu a conhecer os vencedores da edição deste ano do Traveler Photo Contest, o concurso que distingue as melhores fotografias de viajantes e viagens em quatro categorias diferentes, Retratos de Viagens (Travel Portraits), Momentos Espontâneos (Spontaneous Moments), Sentidos e Lugares (Sense of Place) e Natureza e Exteriores (Outdoor Scenes).

Este ano os juízes tiveram de escolher os vencedores entre mais de 18.000 fotografias a concurso.

O primeiro prémio do concurso é uma estadia de 8 dias para duas pessoas numa expedição fotográfica pela Costa Rica e o Canal do Panamá, o segundo prémio é uma expedição fotográfica de 6 dias para duas pessoas, durante o inverno para ver a vida selvagem no Parque Natural de Yellowstone, nos Estados Unidos e o terceiro prémio é um cruzeiro de 3 dias para duas pessoas no veleiro Schooner Heritage.

Para além dos três primeiros lugares são ainda atribuídos 7 distinções de mérito.

Veja em baixo as 10 fotografias galardoadas (clique nas fotos para as ver em toda a sua magnitude):

 

Primeiro Lugar: Whale Whisperers

Fotografia de Anuar Patjane. (Imagem: Reprodução National Geographic)

primeiro

Um mergulho com uma baleia corcunda e a sua cria em Revillagigedo no México.

 

Segundo Lugar: Gravel Workmen

Fotografia de Faisal Azim. (Imagem: Reprodução National Geographic)

segundo

Trabalhadores sujos de pó, areia e cascalho observam a câmara através de uma janela de vidro em Chittagong no Bangladesh.

 

Terceiro Lugar: Camel Ardah

Fotografia de Ahmed Al Toqi. (Imagem: Reprodução National Geographic)

terceiro

Camel Ardah é o nome dado às corridas tradicionais de camelos em Omã.

 

Distinção de Mérito: A Night at Deadvlei

Fotografia de Beth McCarley. (Imagem: Reprodução National Geographic)

quarto

Deadvlei ou charco morto, numa tradução literal, no parque natural de  Namib-Naukluft, na Namíbia, é o lugar onde o luar é suficiente forte para iluminar as dunas de areia a grande distância, apesar do céu estar tão escuro que permite ver as estrelas.

 

Distinção de Mérito: Catchin’ a Duck

Fotografia de Sarah Wouters. (Imagem: Reprodução National Geographic)

quinto

Dois rapazes tentam apanhar um pato perto de uma cascata de água na província de Nong Khai, na Tailândia.

 

Distinção de Mérito: Romania, Land of Fairy Tales

Fotografia de Eduard Gutescus. (Imagem: Reprodução National Geographic)

sexto

Gelo branco cobre a vila de Pestera, na Roménia.

 

Distinção de Mérito: Highlanders

Fotografia de Bartłomiej Jureckis. (Imagem: Reprodução National Geographic)

sétimo

Agricultores polacos cortam feno com instrumentos artesanais.

 

Distinção de Mérito: White Rhinos

Fotografia de Stefane Berubes. (Imagem: Reprodução National Geographic)

oitavo

Três rinocerontes brancos, uma espécie ameaçada, passeiam pelo seu santuário no Uganda.

 

Distinção de Mérito: Kushti, Indian Wrestling

Fotografia de Alain Schroeder. (Imagem: Reprodução National Geographic)

nono

Kushti é uma forma de luta tradicional da Índia onde os lutadores se enfrentam numa arena de argila.

 

Distinção de Mérito: Sauna in the Sky

Fotografia de Stefano Zardini. (Imagem: Reprodução National Geographic)

décimo

Uma sauna a 2.800 metros de altitude no coração de Dolomites, Monte Lagazuoi, em Cortina, nos Alpes italianos.

 

Ah já agora, caso se esteja a perguntar onde tirámos a foto de capa deste artigo, fique sabendo que é intitulada Door to Hell, concorreu em 2013 ao Traveler Photo Contest, mas apesar de toda a sua espetacularidade, não foi contemplada com nenhum prémio.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.