Sustentabilidade

Adidas Futurecraft Loop: o tênis do futuro é sustentável!

4 min

A Adidas desenvolveu um novo tênis que tem potencial para alterar radicalmente a indústria calçadista mundial. Com foco em desenvolver a economia circular — onde o que é enviado para o consumidor, volta para a origem — a empresa desenvolveu o Adidas Futurecraft Loop, reciclável.

 

Este é o primeiro tênis para corrida de desempenho projetado para o ciclo de vida circular. Por enquanto, 100% de cada calçado Loop pode ser reciclado e a geração seguinte só pode receber 10% de material reciclado. Caso contrário, não tem o mesmo desempenho. Mas a intenção da Adidas é aumentar essa proporção e conseguir fazer um novo calçado por cada antigo.

 

Um sapato médio tem 12 materiais distintos no interior, mas para ser reciclável tem que ser projetado como garrafa de plástico: com um material que possa ser triturado. É isso que a Adidas descobriu como fazer.

 

A empresa percebeu em 2016 — durante testes para outro calçado que fazia, o Boost, que um novo material criado poderia ser transformado em fios e em tecidos. Além disso, descobriu que não precisava usar cola e costura na produção, poderia simplesmente fundir os elementos com calor e pressão. Isso minimiza os materiais utilizados e facilita a reciclagem.

 

Nessa época, criaram sapatos de testes para a equipe e enfrentaram o primeiro desafio: o encolhimento. Os sapatos diminuíam à medida que os tênis eram usados, chegando a passar de 41 para 36.

 

O segundo desafio está por vir: como fazer as pessoas comprarem?

Nova geração de tênis recicláveis tem potencial de alterar a indústria. Imagem: Adidas

Desafios

Os primeiros Loop estarão disponíveis a partir do próximo outono, para testes. Um lançamento mais amplo terá lugar apenas na primavera de 2021. A principal causa é que a Adidas ainda não sabe como vender a consumidores um produto que vai vender e revender várias vezes aos mesmos.

 

Há o desafio dos colecionadores de tênis — que não devolveriam — dos desconfiados com a tecnologia — que não confiariam — e dos que não gostariam da estética, que ainda está sendo testada. Quando se olha, a estética de branco sobre branco parece comum. Mas não é um branco único — pode ser mistura de branco, partes em pérola e partes amarelas. E, com certeza, amarela ainda mais com o tempo, e de forma desigual. Isso pode ser barreira para alguns.

 

A linha inicial com certeza será vendida — o que sempre acontece com a Adidas — a questão é se serão recuperadas e se a próxima geração também terá sucesso. Como forma de superar estes obstáculos, a empresa estuda um calçado por assinatura, na qual você paga uma mensalidade e, quando ele estiver muito gasto, você devolve e eles te enviam outro por correio.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.