CulturaTurismoUncategorized

Tasca do jaime

Bem escondidinho lá na rua da Graça, numa porta que passa despercebida, o nº 13 é ainda um “secret spot” de Lisboa.

Jaime, é o nome do Sr. que baptizou o dito cujo estabelecimento e que ainda rodopia energicamente por de trás do balcão de mármore entre contas e anotações.

Rodadas de imperiais*, presunto* e pastéis de bacalhau*, aqui tem fartura e ninguém passa fome.

D. Laura, sua mulher e personagem de poucas simpatias, ajeita as mesas para instalar os fregueses e manda fazer silêncio da maneira mais autoritária que alguma vez presenciei!

Na hora do fado* o freguês não tem escolha. É calar ou andar!”

Ah mulher de raça e pregão* lisboeta (fico contente por saber que ainda existem)!

É assim na Tasca do Jaime, em jeito de cozinha de avó, com não mais do que 20 m2, novos e velhos se juntam num ambiente familiar. Aqui, soam guitarras, batem-se palmas e canta-se o fado vadio de Lisboa.

Sábados e Domingos das 16 às 20 numa das paragens do elétrico* 28. 😉

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.