PortugalSaúde

Agora já é possível ir ao ginásio (academia) para exercitar o cérebro

Leya

 

Os idosos de uma instituição de Bragança vão ter um novo ginásio onde em vez de exercício físico vão treinar a mente, num projeto inovador a nível local para dar resposta ao número crescente de situações de demências.

 

O Ginásio (academia) do Cérebro Sénior é a mais recente iniciativa da Fundação Betânia de Bragança (Portugal). Segundo a diretora, Paula Pimental, o projeto abre as portas em março para os 110 utentes da instituição sejam residentes, de centro de dia ou apoio domiciliário.

 

O ginásio vai utilizar os conceito de neuróbica e neurofitness para estimular o cérebro e nasce da necessidade de dar resposta ao aumento significativo da prevalência de situações de utentes com algum tipo de demência.

 

– Este é um espaço alicerçado em programas de treino cognitivo cujo objetivo é ativar as funções cognitivas – explicou à Agência Lusa o assistente social Bruno Santos.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.