BrasilEducaçãoGrandes IdeiasSociedade

Câmara dos Deputados do Brasil homenageia professora com síndrome de down

Débora Seara tem 34 anos, há 10 anos que é professora na Escola Doméstica, uma escola privada em Natal, no Rio Grande do Sul e foi homenageada pela Comissão de Educação da Câmara dos Deputados. Motivo? Débora tem síndrome de down e é uma das principais impulsionadoras dos movimentos de igualdade brasileiros.

 

Até conseguir formar-se Débora passou por seis escolas, sendo que nenhuma delas era para crianças com problemas cognitivos, daí ser hoje uma grande defensora da integração de pessoas com deficiência no ensino não especializado.

 

Foi por esta sua luta, bem como pelo seu trabalho, que foi reconhecida, e que venceu o Prémio Darcy Ribeiro Educação 2015, o prémio criado para contemplar pessoas ou entidades cujos trabalhos ou ações mereceram destaque especial na defesa e na promoção da educação brasileira.

 

Débora é a primeira professora o país com síndrome de down, integra um grupo de teatro e lançou recentemente um livro chamado Débora conta Histórias, uma coleção de fábulas infantis sempre focadas na aceitação da diferença.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.