AngolaPaísesSociedade

Conheça a jovem nascida em Angola condecorada pela Rainha Isabel II

(Imagem: Reprodução Facebook)

Rosimay Venâncio é daquelas pessoas que têm muita história para contar. Hoje com 25 anos, nasceu em Luanda (Angola), e após uma breve passagem pela África do Sul, mudou-se com os pais para o Canadá em 2000.

– Os primeiros dois anos foram normais, mas a partir do terceiro ano começaram a haver complicações entre os pais, que se separaram quando eu tinha 12 – disse em entrevista à Lusa, acrescentando que o pai regressou a Angola em 2003 e a mãe em 2004.

Rosimay contou que os pais pretendiam que ela continuasse no Canadá até terminar os estudos e, por isso, foi acolhida por uma família amiga. Após um período inicial, decidiu pedir ajuda à segurança social pois se viu um em um ambiente hostil em que não conseguia viver.

– Eles (segurança social) ficaram preocupados porque uma criança tinha solicitado ajuda. Entraram em contacto com uma instituição de adopção e fui viver com uma senhora que me acolheu como uma verdadeira mãe – explicou, ressaltando que sempre recebeu o mesmo tratamento que as irmãs adotivas na nova casa.

Quando completou 17 anos, as autoridades consideraram-na com “idade para seguir o percurso sozinha”, mas confessou que ficou muito triste por passar a viver só. Até aos 23 anos, Rosimay muitas vezes não tinha onde dormir e andou sem rumo na sua vida, quando conheceu um casal de idosos que a acolheu e que lhe permitiu ter uma “maior estabilidade emocional”, e ingressar assim na vida académica.

Rosimay encontra-se atualmente no 2º ano de Ciências da Saúde na Universidade de York. Trabalha no Hospital Central de Toronto e teve como sua “fonte de inspiração” uma superiora hierárquica que também foi adoptada.

– Ela ajudou-me a acreditar em mim. Incentivou-me de que era capaz de ir mais além, de que era inteligente e que tinha muito potencial – explicou, revelando que tem um projeto que visa ajudar jovens sem-abrigo para a integração na sociedade.

O programa chama-se CHEERS (Creating Hope and Ensuring Excellent Roads to Success) e possibilita o contacto de crianças adoptadas com jovens adultos, bem sucedidos nas suas experiências de vida enquanto adoptados.

No passado dia 22 de junho, a Rainha Isabel II concedeu no Palácio de Buckingham, em Londres, um prémio de liderança a jovens que se destacaram nos países da Commonwealth, sendo três dos jovens premiados originários do Canadá, entre eles Rosimay.

No futuro, Rosimay espera ingressar na carreira política, com foco nas áreas de juventude e saúde.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.