AngolaBrasilCabo VerdeCulturaGuiné-BissauMoçambiqueNotíciasPaísesPortugalSão Tomé e PríncipeTimor-Leste

Festival Conexão Lusófona: a plateia deu espetáculo à parte

(Imagem: Rui Sergio Afonso)

Na edição que comemora os três anos do evento, mais uma vez foi mais que duplicado o número de pessoas presentes na plateia. Mais de cinco mil pessoas estiveram presentes e deram o recado de que é sim possível ter união na diferença e na semelhança cultural que envolve os países de língua portuguesa.

Ainda durante a tarde, o Largo do Intendente já estava a aquecer para uma noite memorável: algumas centenas de pessoas acompanharam a passagem de som e os últimos retoques nos ensaios dos artistas.

Às 23h, horário de início do concerto, as pessoas juntavam-se aos milhares no Largo do Intendente. O público foi o mais animado e eclético de sempre, formado por famílias inteiras, grupos de amigos, turistas aos montes. Para além do espaço junto ao palco, as janelas dos prédios no entorno do Largo também foram tomadas pelos espectadores do concerto. Tiveram uma vista especial do palco e da multidão que acompanhava o espetáculo.

– O que mais me impressionou foi a quantidade de jovens que estavam lá connosco a fazer a festa. É uma juventude livre dos traumas que a minha geração tem, que complicou a consolidação do conceito da Lusofonia em outros tempos. É compensador ver estes jovens com uma posição construtiva. Estar com eles, mostrar a nossa história e vê-los construir o futuro – explicou Paulo Flores.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.