AngolaCultura

No dia da Independência de Angola estreia um documentário que relata a história da mais importante conquista do país

Em 11 de novembro de 1975 Angola tornou-se um país independente. Este ano o país celebra os 40 anos da sua independência e precisamente desse dia estreará o filme Independência, um documentário que recorda a Angola colonial, o conflito armado que durou 14 anos, as principais figuras do movimento revolucionário e a transição para a autonomia plena.

 

 

O filme, obra do realizador Mário Bastos, foi produzido por Paulo Lara e Jorge Cohen e é narrado por Kalaf Epalanga, um dos rostos dos Buraka Som Sistema.

 

Concluído o filme, espero que ele consiga criar diálogo entre as gerações que participaram na luta e as que nasceram depois de 1975. Está na hora de olharmos para o passado com os pés bem assentes no presente, e refletirmos sobre onde estamos e o que somos, como país, 40 anos depois da nossa independência”, diz o realizador Mário Bastos, quando instado a falar sobre a sua criação, apenas para revelar que tinha um profundo desconhecimento do passado de Angola, tal como a maior parte da sua geração, antes de trabalhar durante seis anos no projeto Angola – Nos trilhos da Independência.

 

Até agora a estreia está prevista para os cinemas CinePlace e Ulengo em Luanda, Cinemax em Benguela e Millennium no Lubango.

 

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.