BrasilPaíses

O Rio de Janeiro está perigoso até para os lutadores de UFC

(Imagem: Reprodução vmir)

O rio de Janeiro recebe no próximo sábado (1 de agosto) o UFC 190. Acostumados com as lutas violentas dentro do octógono, os atletas foram alertados pela organização do evento quanto à violência na capital fluminense.

Uma carta oficial oferece orientações aos lutadores para que tenham uma boa estadia na cidade. Para além das recomendações comuns feitas a turistas como por exemplo evitar andar com muito dinheiro, joias ou dispositivos eletrónicos, a carta recomenda aos lutadores que não marquem encontros em bares ou hotéis, para terem em atenção às bebidas e também destaca a incidência de HIV entre as prostitutas e menores de idade.

Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, a organização também pede aos lutadores que não circulem por bairros considerados perigosos no Rio, como a Lapa e Santa Teresa, na região central. O documento chega mesmo a proibir a saída dos atletas e seus funcionários a pé do hotel Sheraton, no Leblon (Zona Sul), dado à proximidade à Favela do Vidigal.

A carta estabelece as favelas e as suas redondezas como zonas a evitar, incluindo mesmo passeios oferecidos por empresas privadas. O desfrutar das praias é limitado a horas em que existe mais movimento e, para o transporte na cidade, é recomendado apenas a utilização dos veículos do UFC 190 ou táxis indicados pelo hotel. Em caso de assalto, a recomendação é nunca reagir.

Os 17 lutadores e lutadoras irão participar nas lutas este sábado na HSBC Arena, na Barra da Tijuca (Zona Oeste).

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.