Cabo VerdePaísesPolíticaSociedade

Oficialização do crioulo como língua oficial de Cabo Verde não é consensual

(Imagem: Reprodução Kauverdianu)

 

O governo cabo-verdiano já prometeu que até ao final da sua legislatura, em 2016, pretendia oficializar o crioulo como língua oficial do país.

A promessa gerou polémica, sobretudo, porque em 2010, na anterior legislativa, uma proposta de lei com a mesma intenção foi rejeitada pelo parlamento.

Em causa está perceber se o bilinguismo ao nível do ensino será benéfico ou prejudicial para os alunos, sobretudo, na aprendizagem da Língua Portuguesa, que raramente é ensinada em casa, e cuja grande maioria dos caboverdianos tem contacto pela primeira vez apenas em idade escolar.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.