Cabo VerdePaísesSociedade

Organização Internacional de Trabalho elogia modelo social cabo-verdiano

(Imagem: Reprodução Nações Unidas – Cabo Verde)

 

Mais de 90% dos idosos cabo-verdianos têm direito a uma pensão, quem o diz é a Organização Internacional de Trabalho (OIT), num relatório onde elogia o sistema de proteção social do país.

Para aceder ao sistema unificado de segurança social, ainda que não se tenha contribuído, é apenas necessário ser-se cidadão cabo-verdiano, residir no país, ter mais de 59 anos e um rendimento abaixo do indicador nacional de limiar de pobreza.

Quem reúna todas estas condições, tem automaticamente direito a uma prestação mensal no valor de 5 mil escudos (aproximadamente 60 euros).

O sistema é extensível a pessoas portadoras de deficiência.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.