Guiné-BissauPaísesPolítica

Presidente da Guiné-Bissau apela ao regresso dos guineenses na diáspora

(Imagem: Reprodução Yahoo News)

Na sua primeira visita oficial a Portugal, José Mário Vaz, o Presidente da República da Guiné-Bissau, apelou à comunidade guineense em Portugal que regresse à Guiné e ajude o país a reconstruir-se.

Eu vim cá precisamente para apelar-vos: comecem a pensar no vosso regresso. Os riscos que vocês assumem aqui em Portugal, devem aceitar corrê-los na vossa terra natal” afirmou num discurso feito no Fórum Lisboa e acrescentou num tom bastante intimista “Não estou aqui para vos dar uma lição, estou aqui para ouvir conselhos e para vos dizer como vai a terra que vos viu nascer. A Guiné-Bissau é um país de oportunidades, porque nada está feito, está tudo por fazer”.

Instado a comentar os resultados da Conferência Internacional dos Parceiros da Guiné, o Presidente mostrou-se grato aos participantes pelo voto de confiança, apesar de reconhecer que a Guiné, em certos momentos, não fez por merecer essa mesma confiança “Muito obrigado à comunidade internacional, que nunca virou costas à Guiné-Bissau, apesar de nós não termos sido muito corretos no seu uso: dinheiro dado para comprar copos foi gasto a comprar viaturas…”.

José Mário Vaz terminou este seu primeiro encontro com guineenses em Portugal com um apelo sentido “temos de limpar essa mágoa, esse ódio que está no interior dos guineenses; devemos esquecer o passado e olhar para o futuro, para a construção do país”.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.