AngolaPaísesPolítica

Rafael Marques vence Freedom of Expression Awards

(Imagem: Reprodução Sapo)

 

O angolano Rafael Marques, jornalista e ativista dos direitos humanos estava nomeado pela Index on Censorship e acabou mesmo por vencer na categoria de jornalismo, juntamente com o jornalista saudita Safa Al Ahmad.

Rafael Marques dedicou o prémio aos jornalistas Eskinder Nega e Eeyot Alemo e aos bloggers responsáveis pelo Zone 9, todos eles etíopes e detidos atualmente pelo regime de Adis Abeba.

No seu discurso de aceitação da honrosa distinção anunciou “Eu acredito no poder da solidariedade. Eu também passei por dificuldades. Tem sido a solidariedade de outros que reforçou a minha coragem e determinação para continuar com esta jornada”.

Referindo-se às detenções de que também foi alvo e ao processo judicial movido contra si por generais angolanos, após a publicação do livro “Diamantes de Sangue”, o humanista afirma “Estou orgulhoso e honrado por enfrentar um poder tão grande e permitir que muitas vítimas possam falar ao longo das minhas reportagens, produzidas durante os últimos dez anos. Sairei deste julgamento mais forte e com um poder acrescido graças a esta experiência”.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.