CulturaEducaçãoMoçambique

Tânia Tomé é nomeada pelo presidente dos EUA como jovem líder africana

Leya

 

Trata-se da moçambicana Tânia Tomé, que foi recentemente nomeada para participar de um programa designado Young African Leaders Initiative (YALI), que decorre todos os anos nos Estados Unidos da América.

 

Lançada em 2010 pelo Presidente Obama, YALI é uma iniciativa para apoiar jovens líderes Africanos que trabalham para incentivar o crescimento e prosperidade, fortalecer a governação democrática, e aumentar a paz e segurança em todo o continente.

 

Na presente temporada, Tânia Tomé faz parte de um grupo de um total de 1000 jovens nomeados em todo o continente Africano pelo Presidente dos EUA, Barack Obama.

 

Tânia Tomé é economista, empreendedora, activista, mentora e escritora e Directora de Negócios e Investimentos. Ela têm levado Moçambique e a língua portuguesa pelo mundo, tendo estado no Kenya em Agosto de 2015 fruto da nomeação como empreendedora líder pelo Governo dos EUA, num encontro mundial  intitulado “Global Entrepreneurship Summit“, com os Presidentes do Kenya e dos EUA, Uhuru Kenyatta e Barack Obama, respectivamente.

 

Tânia Tomé trabalhou no sector privado mais especificamente na banca com consultoria financeira e projectos de investimento mais de 12 anos. Têm desenvolvido um programa de empoderamento da mulher jovem através de ferramentas de gestão e de comunicação.

 

No decurso da sua carreira profissional como economista e empreendedora recebeu diversos prémios: Vencedora do prémio africano académico (Fundação Portugal-África); Prémio de Mérito da Presidência de Moçambique; Prémio de Jovem executiva Empresária Líder pela Global Finance (UK 2015); African International Achievers Awards 2015 e nomeação Mulher Líder (IVLP Program) pelo Governo dos EUA.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.