DestaqueSociedadeTimor-Leste

Timor-Leste foi quem mais contribuiu para ajudar as vítimas dos incêndios em Portugal

O governo de Timor-Leste é apontado como o maior contribuidor do fundo REVITA um fundo de âmbito social, criado pelo governo de Portugal, em estreita articulação com os municípios de Castanheira de Pêra, Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Grande, que foram os mais afectados pelo incêndios em Portugal. 

 

Timor-Leste contribuiu com mais de 1,2 milhões de euros, o correspondente a 32% do total dos donativos em dinheiro, dos 3,7 milhões recebidos, segundo o primeiro relatório trimestral da organização que faz a gestão do fundo.

 

Recorde-se que além de perdas de vidas humanas, os incêndio consumiu cerca de 26.000 hectares de floresta, de acordo com dados do Sistema Europeu de Informação de Incêndios Florestais, destruindo várias casas e outros bens privados.

 

As contribuições recebidas têm sido alocadas na revitalização das áreas afectadas pelos incêndios, prioritariamente na reconstrução ou reabilitação de habitações e seu apetrechamento.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.