BrasilEducaçãoNotíciasPortugalTimor-Leste

Brasil e Portugal apoiam ensino do português em Timor-Leste

Uma ação de Cooperação Sul-Sul entre Brasil e Timor-Leste tem ajudado os esforços do país asiático para disseminar a língua portuguesa no sistema educacional da nação. A iniciativa, que consiste do envio de livros didáticos, também tem o apoio de Portugal.

Pela colaboração, o Brasil envia professores de português ao Timor, que no momento ocupa a presidência rotativa da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). O projeto foi elogiado pelo Banco Mundial, que tem apoiado o governo timorense na construção de mais salas de aula para o ensino fundamental.

Em entrevista à Rádio ONU, a diretora-sênior para educação global do Banco Mundial, Claudia Costin, declarou que o fortalecimento da língua portuguesa no país asiático é um desafio para a próxima década:

“O desafio de Timor-Leste é manter a língua portuguesa, que eles perderam com o processo posterior de colonização, e que eles lutaram para reconquistar. O acesso a livros didáticos, que não conseguem ser produzidos dentro de Timor-Leste, é reduzido, então Brasil e Portugal estão ajudando neste esforço de uma maneira muito importante. Não vai ser algo que se resolva tão fácil.”

Segundo Claudia Costin, a taxa de conclusão da escola primária no Timor-Leste aumentou de 73% (em 2009) para 83% (em 2012). O Banco Mundial atua em 72 países em desenvolvimento para melhorar os índices de educação e alfabetização.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.