BrasilPaísesPolíticaUncategorized

Zico pretende candidatar-se à presidência da FIFA

(Imagem: Reprodução correiodoestado)

Zico anunciou esta quarta-feira (dia 10) ser pré-candidato à presidência da FIFA.

Antunes Coimbra, mais conhecido por Zico, foi um futebolista que muitos consideram como o melhor jogador dos anos 80. Após dar adeus aos gramados tornou-se treinador, e hoje, ao que parece, pretende ir mais além e tentar um lugar no órgão máximo desse desporto no mundo.

O eterno ícone da torcida flamenguista afirma serem necessárias “mudanças urgentes” não só na FIFA mas também na CBF (Confederação Brasileira de Futebol) devido aos casos de corrupção que prejudicam o futebol mundial e brasileiro. Zico afirma que Marco Polo Del Nero (presidente da CBF) tinha conhecimento das provas contra o seu antecessor, José Maria Marin, um dos sete dirigentes da FIFA detidos na Suíça, há duas semanas, em função dos escândalos de corrupção. Atualmente, Del Nero e Ricardo Teixeira (ex-presidente da CBF) estão a ser investigados pelas autoridades.

O ex-jogador e treinador afirma, indignado, que ao longo dos seus 62 anos sempre foram os mesmos a gerir o futebol e promete levar a sua candidatura com seriedade: “Não brincaria com um facto tão sério. Aqueles que conhecem a minha história sabem da minha seriedade. Havendo a possibilidade, havendo as mudanças necessárias, serei candidato. (…) Tenho 62 anos e só me lembro de dois presidentes na FIFA: João Havelange e Joseph Blatter. Só há essas duas pessoas no mundo para comandar o futebol? Isso é inadmissível” (citado no Mais Futebol).

Zico não pretende gastar dinheiro nas deslocações para fazer campanha e angariar votos, querendo ser reconhecido pelos seus serviços prestados ao futebol.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.