AngolaSociedade

A maior família do mundo está em Angola: 167 filhos, 175 netos e 35 bisnetos

Leya

 

Francisco Sabalo Pedro, de 68 anos de idade, é o patriarca daquela que pode ser a maior família do mundo, com uma herança de cerca de 167 filhos e 43 mulheres.

 

Grande parte deste agregado familiar reside no sul de Angola, Cidade de Namibe, na Aldeia da família Tchikuteny.

 

Francisco Sabalo Pedro é de etnia mucubal, onde se aceita a poligamia. Tchikuteny, como também é conhecido, casou-se em 1975 com Dona Eva e juntou-se mais tarde a mais 42 mulheres. Dessa junção resultaram cerca de 217 filhos registados, dos quais 167 estão vivos e 50 já morreram. A mais velha tem 40 anos de idade é empresária, a mais nova da família é uma menina de apenas dez meses.

 

Em cerca de 40 anos, Tchikuteny foi pai de cinco em cinco meses. O patriarca recorda que em 2003 chegou a ter 54 mulheres, mas algumas foram abandonando a aldeia e seguiram suas próprias vidas.

 

Este pai de família recebe as suas mulheres na chamada “casa dos encontros”, por sinal a melhor da aldeia, feita de tijolo e com algumas possíveis mordomias interiores, uma vez que as restantes casas são de construção mais precária.

 

Francisco Sabalo Pedro passou pela tropa colonial portuguesa em Luanda e foi desmobilizado após a independência de Angola. Depois disso fundou a igreja de Jesus na Cruz da Missão do Evangelho. Suas mulheres consideram a sua união com ele (o companheiro) parte de uma missão ao serviço de Deus que é “levar a mensagem da igreja pela reprodução”.

 

– Ajudamo-nos todas, não há ciúme, não há briga, não há nada. Estamos na lavra e quando precisamos de alguma coisa falamos com o pai (marido) – diz à Lusa uma das esposas de Francisco.

 

A aldeia é praticamente toda ela ocupada pela família de Francisco Pedro. Esta possui duas escolas primárias e já são os próprios filhos que ensinam os irmãos e netos do grande chefe de família. A família sobrevive à base da agricultura e criação de gado e o patriarca garante que nunca passaram fome.

 

Tchikuteny conta ainda em entrevista à Lusa que no dia-a-dia, as mulheres é que decidem entre si quem passa a noite com o homem, mas tudo sem confusão “em nome do evangelho” garante.

(Imagem: Reprodução Público)
(Imagem: Reprodução Público)

Em seus registos, Francisco Pedro soma 167 filhos vivos, 175 netos e 35 bisnetos. Mas admite que pode estar longe da realidade pois o ultimo censo familiar foi realizado em 2012.

1 Comentário

  1. 6 Julho, 2016 às 7:14 — Responder

    Um bom exemplo de emancipação da mulher e um exemplo de promoção da religião, à imagem da estratégia islâmica!…

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.