PolíticaPortugal

António Costa é o novo Primeiro-Ministro de Portugal

Depois do impasse gerado ontem pela nota tornada pública pela Presidência da República, na qual dava conta das várias questões levantadas pelo Presidente da República a António Costa, desta vez, Aníbal Cavaco Silva, acabou mesmo por indigitar António Costa, Secretário-Geral do Partido Socialista, como Primeiro-Ministro de Portugal.

 

Mais uma vez a revelação foi dada através de uma nota no site da Presidência da República, lançada depois de um encontro de uma hora entre António Costa e Cavaco Silva no Palácio de Belém.

 

O Presidente da República justificou ter tomado tal decisão porque depois de ter reunido com conselheiros, parceiros sociais, instituições e personalidades da sociedade civil, vários foram os que defenderam que “a continuação em funções do XX Governo Constitucional, limitado à prática dos atos necessários para assegurar a gestão dos negócios públicos, não corresponderia ao interesse nacional.”

 

A impossibilidade de dissolução da Assembleia da República até abril do próximo ano, também pesou na decisão do chefe de Estado.

 

António Costa tem agora dez dias para escolher o elenco ministerial e apresentar o seu programa de Governo para aprovação no Parlamento.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.