Guiné-BissauPolítica

Guiné Bissau: Novo primeiro-ministro promete governo de inclusão

Habemos” um novo primeiro-ministro, fruto de um decreto presidencial publicado em Bissau, capital da Guiné-Bissau. Uma indicação que surge no quadro da ausência de entendimento entre os atores políticos sobre a figura que devia ser nomeado, concluiu  José Mário Vaz como chefe de Estado.

 

O nomeado chama-se Artur Silva,  antigo chefe da diplomacia guineense, tendo sido também ministro da Defesa, da Educação e das Pescas. Na tomada de posse prometeu “para breve” o seu Governo que será integrado “por todos” os signatários do Acordo de Conacri.

 

A vontade de consenso estava plasmado no acordo patrocinado pela comunidade internacional, no entanto não teve sucesso a iniciativa.  Segundo José Mário Vaz, o novo primeiro-ministro terá como “única tarefa” preparar as próximas eleições legislativas na Guiné-Bissau.

 

As ditas eleições legislativas estão previstas a acontecer entre o mês de abril e maio,  e na cerimónia de investidura o novo primeiro-ministro reforçou o compromisso “A minha principal tarefa é a realização das eleições legislativas. Brevemente teremos um governo formado por todos os signatários do acordo de Conacri”. avança DW em Português.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.