MundoPortugal

Anunciada a descoberta de navio português incluído na armada de Vasco da Gama

Leya

 

O Ministério do Patrimônio e da Cultura de Omã e a Blue Water Recoveries, empresa britânica que trabalha na recuperação de embarcações naufragadas, anunciaram a descoberta de uma nau portuguesa que fazia a carreira das Índias e que estava incluída na armada de Vasco da Gama.

 

Os investigadores envolvidos no projeto acreditam que se trata da nau Esmeralda, comandada por Vicente Sodré, tio materno de Vasco da Gama, o grande navegador da Rota do Cabo. Seria assim a mais antiga embarcação dos descobrimentos portugueses encontrada e cientificamente investigada por arqueólogos.

(Imagem: Reprodução Daily Mail)
(Imagem: Reprodução Daily Mail)

A embarcação naufragada, que não terá resistido a uma tempestade em maio de 1503, foi localizada em 1998, precisamente o ano em que se festejava o quinto centenário da descoberta do caminho marítimo para a Índia passando pelo Cabo da Boa Esperança, mas só em 2013 começou a primeira campanha arqueológica, a que se seguiram mais duas, em 2014 e 2015. Omã e a Blue Water Recoveries (BWR) garantem, ainda no comunicado, que já resgataram 2.800 artefatos.

 

Em declarações à agência Lusa, o historiador Jorge Semedo Matos e o arqueólogo subaquático Filipe Castro declararam-se céticos quanto à descoberta, sobretudo a forma como foi feito o anúncio de uma descoberta que nem sequer contou com investigadores portugueses e que foi divulgada com “segredinhos” que, afirmam, “minam a credibilidade” do achado.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.