BrasilDesporto

Após tragédia, Atlético Nacional pede para Conmebol declarar Chapecoense campeã da Copa Sul-Americana

Leya

 

Depois da queda do avião da equipe da Chapecoense de Santa Catarina, a diretoria do Atlético Nacional de Medellin, rival do time brasileiro na final da Copa Sul-Americana, sugeriu à Conmebol que declarasse a equipe catarinense campeã da competição continental. “De nossa parte e para sempre, Chapecoense campeã da Copa Sul-Americana 2016”, declara nota divulgada na página oficial do Atlético Nacional. A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) emitiu comunicado suspendendo a decisão até um novo aviso.

 

A Chapecoense entraria em campo esta quarta-feira (30 de novembro) em Medellín (Colômbia) para o primeiro confronto da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional. A viagem em voo comercial terminou com um acidente na madrugada de terça-feira (29). Estavam a bordo 81 pessoas, sendo 72 passageiros e nove tripulantes. Segundo as autoridades, há confirmação de ao menos 75 mortos, incluindo jogadores, integrantes da comissão técnica, dirigentes esportivos e jornalistas.

 

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) decretou luto oficial de sete dias pelo acidente aeronáutico na Colômbia que vitimou a delegação da Chapecoense, jornalistas e convidados. Com o luto, todas as partidas que seriam realizadas nesse período foram remarcadas.

 
A hashtag #ForçaChape se tornou a mais usada no Twitter em todo o mundo, em solidariedade aos parentes das vítimas. Times de futebol, jogadores, artistas, empresas e muitos moradores da cidade de Chapecó fizeram suas homenagens pelas redes. Muitas mensagens de tristeza, dor, apoio e incredulidade tomaram conta das páginas na internet.

 

A página oficial do Flamengo no Twitter escreveu: vocês vão ficar para sempre no coração de todos nós. Vão com deus guerreiros.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.