BrasilCiênciaSociedade

Aviso à comunidade feminina: primeiro chocolate “anti-TPM” chega ao mercado brasileiro em 2019

Facto: para a maioria, o chocolate é capaz de colorir até os dias mais cinzentos. Apesar de não ser considerado, pela comunidade científica, um antidepressivo, existem estudos que demonstram que este alimento estimula a produção de neurotransmissores fundamentais para o bom humor, como a serotonina – responsável pela regulação da disposição, relaxamento, redução da irritabilidade e da fadiga.

 

Para a comunidade feminina, o chocolate pode ser encarado como um aliado imbatível, apaziguando os sintomas hormonais provocados pela Tensão Pré-Menstrual (TPM). Dor de cabeça, cansaço, irritabilidade, má disposição, dor abdominal, excesso de apetite, etc. são apenas algumas das alterações sentidas, durante este período. Como quase tudo, a intensidade dos sintomas diverge de mulher para mulher. Até aqui nada de novo, certo? Pois bem, a novidade é que, pela primeira vez, foi desenvolvido em laboratório um chocolate “anti-TPM”.  Até ao momento, ainda não tinha sido criado um chocolate que combatesse, de forma comprovada, os sintomas da Tensão Pré-Menstrual. Este é pioneiro, foi desenvolvido em território brasileiro e promete revolucionar o mercado.

 

Chocolate medicinal

 

Segundo os dados do Ministério da Saúde do Brasil, mais de 70% das mulheres, em idade fértil, sofrem, mensalmente, com os mais de 200 sintomas físicos e emocionais da TPM. Depois de meses de pesquisa, a nutricionista Aline Quissak conseguiu desenvolver um chocolate especial que promete combater eficazmente alguns constrangimentos hormonais. Além de ser chocolate (o estômago agradece), existem componentes medicinais que tornam este produto numa espécie de fármaco natural.

 

Até chegar a conclusões precisas, Quissak estudou cerca de 355 mulheres, com idades compreendias entre os 24 e os 43 anos, e descobriu que o segredo para a TPM está na sinergia dos alimentos. Ao estudar as hormonas femininas e ao relacioná-las com os nutrientes de alimentos como o morango, a linhaça, o mel e algumas ervas medicinais, a nutricionista conseguiu reduzir as conclusões a chocolate. Este, além de satisfazer as pupilas gustativas das mais gulosas, possui uma composição nutricional bioativa e vitamínica. Graças a essa especificidade, consegue equilibrar as hormonas femininas durante o período de carência (TPM).

 

As descobertas de Aline, sobre as propriedades de alguns alimentos não se cingem ao chocolate. A nutricionista tem no currículo profissional mais de 400 receitas terapêuticas, com resultados cientificamente comprovados. Foi durante uma pesquisa sobre stress e ansiedade que começou a estudar o efeito do chocolate no alívio dos sintomas da TPM. No seu site oficial, o Nutri Secrets, pode acompanhar alguns dos seus conselhos.

 

Este novo produto possui um alto teor de cacau e manteiga de cacau, sem gorduras hidrogenadas, parafinas, corantes ou conservantes. É uma espécie de chocolate premium que, além de cacau, contém uma proporção de morango e óleo de linhaça.

 

Chocolate e morango – Imagem: Nutri Secrets

Segundo as declarações da nutricionista à Bahia Notícias, este produto deve ser ingerido duas vezes ao dia, durante o período que antecede a Tensão Pré-Menstrual. Os resultados provaram que este reduz a irritabilidade e a vontade de chorar, controlando a compulsão alimentar, fomentando a concentração e diminuindo a ansiedade.

 

Até ao momento, esta arma feita de chocolate está a ser analisada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) – instituição vinculada ao Ministério da Saúde brasileiro. Mas não desanimem: prevê-se que esta chegue ao mercado já no primeiro semestre de 2019.

 

É caso para se escrever: ámen, santo chocolate!

 

VEJA TAMBÉM

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.