Cabo VerdeCulturaSociedade

Chega ao mercado o primeiro dicionário Crioulo-Inglês

O “Capeverdean Dicionary – Creole –English” deve chegar às bancas nos Estados Unidos em 25 de novembro. Entretanto, para Cabo Verde, a data ficou reservada para o mês de fevereiro de 2016 (dia 21- Dia Internacional da Língua Materna).

 

A obra tem 40 mil palavras do crioulo cabo-verdiano traduzidas para o inglês.

 

– A intenção é valorizar o crioulo como um elemento vital para a nossa identidade e sobrevivência – garantiu em entrevista ao portal A Semana o autor Manuel da Luz Gonçalves, cabo-verdiano e professor há cerca de 30 anos nos Estados Unidos.

 

O público-alvo é a comunidade cabo-verdiana nos EUA, mas Gonçalves manifesta-se otimista com o impacto do dicionário nas comunidades residentes na Europa (principalmente do Norte) bem como para os turistas que visitam Cabo Verde.

 

Para além deste dicionário, Gonçalves é também autor do “Pa nu papia crioulo“. Uma espécie de gramática, acompanhada por um CD. Focado na prática com exercícios e histórias. Lançado em 2003, já vai na terceira edição e teve até agora uma tiragem total de cinco mil cópias.

 

Realça que o material que até agora produziu em defesa do crioulo tem sido baseado no ALUPEC.

 

– Estamos num bom caminho porque muita gente está a escrever em crioulo, mas falta agora a padronização – defendeu.

 

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.