BrasilCultura

Azulejos coloridos ajudam a revitalizar bairros periféricos

O projeto brasileiro Ateliê Azu é mais um ótimo exemplo de que a arte urbana pode sim transformar a cidade, revitalizando bairros periféricos da cidade de São Paulo com azulejos coloridos, inovando e embelezando os cantos da cidade.

(Imagem: Reprodução Ateliê Azu)
(Imagem: Reprodução Ateliê Azu)
(Imagem: Reprodução Ateliê Azu)
(Imagem: Reprodução Ateliê Azu)

A ideia surgiu em 2008, quando o artista plástico Elcio Torres conheceu a Vila Santa Inês e ali quis encontrar uma maneira de contribuir com o seu trabalho em cerâmica artesanal.

(Imagem: Reprodução Ateliê Azu)
(Imagem: Reprodução Ateliê Azu)

Desde então, ele ensina moradores da região as suas tradicionais técnicas de artesanato, com o intuito de dar nova vida aos espaços públicos, levando cores e formas para os locais.

(Imagem: Reprodução Ateliê Azu)
(Imagem: Reprodução Ateliê Azu)
(Imagem: Reprodução Ateliê Azu)
(Imagem: Reprodução Ateliê Azu)

Os azulejos artesanais do Ateliê Azu pretendem chamar a atenção da população para a periferia, atraindo olhares pelo meio artístico.

(Imagem: Reprodução Ateliê Azu)
(Imagem: Reprodução Ateliê Azu)

São painéis e escadarias incríveis, criados com a participação da comunidade.

(Imagem: Reprodução Ateliê Azu)
(Imagem: Reprodução Ateliê Azu)

Torres acredita que a região tem muito potencial turístico e cultural com a ajuda dos painéis que a enfeitam.

(Imagem: Reprodução Ateliê Azu)
(Imagem: Reprodução Ateliê Azu)

 

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.