Cabo VerdeNotíciasSociedade

Cabo Verde: presidente da Assembleia Nacional sugere medidas para enfrentar a seca

O presidente da Assembleia Nacional de Cabo de Verde, Jorge Santos, destacou que os poderes públicos nacionais e locais precisam tomar atitudes urgentes em relação à seca na região de Santo Antão, na região noroeste do país. Após quase não haver precipitações durante o ano de 2018, havia previsão de chuvas, o que não se cumpriu. Segundo o político, a seca necessita de enfrentamento efetivo por parte das autoridades.

 

Os agricultores são os mais afetados pela falta de água, mesmo que as técnicas de plantio na região sejam à base de sequeiro. A seca é um processo natural, mas causa preocupação pelos investimentos em sementeiras e mondas que podem ser perdidos, além do precário desenvolvimento das plantações de milho e da perda de gado.

 

As medidas

Entre as medidas sugeridas para enfrentar a situação da seca e dos prejuízos agrícolas estão a prospecção de águas subterrâneas – com recurso à utilização da energia solar e o reforço do combate às pragas -, a continuação do programa de salvamento de gados – com distribuição de ração subsidiada pelo Estado – e a criação de empregos públicos.

 

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.