Cabo VerdeCulturaDestaque

Em Cabo Verde foi descoberta a igreja mais antiga da África subsariana

Escavações arqueológicas levadas a cabo na Ilha de Santiago trouxeram a luz do dia um achado surpreendente: A Igreja cristã mais antiga dos trópicos.

(Imagem: Reprodução Público)
(Imagem: Reprodução Público)

As escavações estão a ser conduzidas pela dupla Marie Louise Stig Sørensen e Christopher Evans, da Universidade de Cambridge, em colaboração próxima com arqueólogos cabo-verdianos e portugueses, e pretende-se que os resultados sejam apresentados na revista Current World Archaeology, uma prestigiada revista internacional de arqueologia.

 

A descoberta inédita teve lugar na Cidade Velha, que é património mundial da UNESCO, a primeira cidade fundada pelos portugueses em África, na época dos Descobrimentos. A Cidade Velha foi capital de Cabo Verde durante 300 anos e, segundo vários relatos da época, a segunda cidade mais abastada do império colonial português.

(Imagem: Reprodução Público)
(Imagem: Reprodução Público)

O objetivo desta expedição era localizar a capela da Nossa Senhora da Conceição, que remonta ao século XV (1470), mas foi claramente superado. Foram descobertas várias lápides de dignatários locais da época, um cemitério cavado no chão da igreja, faianças e azulejos provenientes de Portugal e de outros locais da Europa, bem como porcelanas chinesas e cerâmicas da África Ocidental.

 

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.