Guiné-BissauPolítica

Comunidade internacional preocupada com a crise na Guiné-Bissau

A solução da crise política na Guiné-Bissau mostra-se cada vez mais distante e preocupa sobremaneira a comunidade internacional que recentemente esteve reunida para discutir a crise naquela país da CPLP.

 

A mediação está a cargo do antigo Presidente da Nigéria, Olesegun Obasanjo que deixou o país no dia 10 de Fevereiro visivelmente preocupado perante o impasse e sem forças para alterar o estado das coisas.

 

A delegação da CPLP, integrada pelo chefe da diplomacia de Timor-Leste, Hernâni Coelho e pelo secretário-executivo da organização, o moçambicano, Murade Murargy está igualmente no processo para encontrar uma solução ao impasse que se mostra difícil de ser ultrapassado.

 

Segundo a RFI, a CPLP entende que a solução para a crise deve ser encontrada pelos próprios guineenses, no campo político, sem descurar, contudo, o aspecto jurídico da questão.
 
 

Leya

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.