EconomiaEducaçãoPortugal

GPS – a plataforma que vai reunir a diáspora científica portuguesa

Leya

 

“GPS” pode parecer estranho para o nome de uma plataforma de cientistas, mas a nomenclatura faz todo o sentido quando a rede em questão tem como objetivo por no mapa os cientistas portugueses que estão pelo mundo.

 

Ao se inscrever no portal GPS – Global Portuguese Scientists, cada cientista ganha um ponto no mapa.

 

Em entrevista ao DN, David Marçal, o coordenador do projeto, explica que “existe a noção de que tem havido uma fuga de cérebros em Portugal, mas na verdade ninguém sabe ao certo quantos investigadores portugueses saíram do país e estão a trabalhar lá fora, quais são os seus percursos profissionais ou em que países estão, para além dos mais óbvios”.

 

Para os investigadores que estão fora de Portugal, a plataforma poderá funcionar como uma forma de manter uma ligação mais próxima ao seu país, para além de servir como ferramenta para fomentar novas colaborações.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.