AngolaBrasilEconomiaMoçambiquePortugalSociedade

Há um país fora do país: Proporcionalmente, Portugal é o país europeu com maior número de emigrantes

São mais de dois milhões, ou seja, cerca de 20% dos portugueses não residem em território nacional, a maior média da União Europeia, segundo números do Observatório para a Emigração.

 

Neste momento Portugal atravessa a maior crise migratória da sua história, tento ultrapassado até os anos 60, altura em que milhares de portugueses saltavam a fronteira para fugir à guerra colonial e a uma ditadura. Embora a tendência de partida seja uma constante desde a II Guerra Mundial, esta registou um aumento de 50% desde o início da crise em 2010. Só no ano passado deixaram o país cerca de 110 mil pessoas.

 

Tendencialmente, continuam a ser os portugueses com qualificações mais baixas quem mais emigra, apesar  do número de portugueses com qualificações superiores a procurar fazer vida lá fora ser cada vez maior, e ter subido de de 6% para 11% nos últimos anos.

 

Quanto aos destinos recentemente escolhidos, a Europa continua a liderar as preferências. No último ano emigraram 30 mil portugueses para o Reino Unido, 20 mil para a Suíça, 18 mil para França, 10 mil para a Alemanha e 6 mil para Espanha.

 

Fora da Europa os destinos mais requisitados são os outros países de língua portuguesa. Em 2014 emigraram 5 mil portugueses para Angola, 4 mil para Moçambique, 2 mil para o Brasil e 262 para Macau.

 

Leia o relatório completo sobre emigração

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.