MoçambiqueSociedade

Moçambique é o 10º país do mundo com maior número de casamentos com crianças

Segundo um relatório da UNESCO, Moçambique está em 10º lugar no ranking de casamentos de crianças.

 

A lei dita que em Moçambique a idade legal para contrair matrimónio é aos 18 anos, podendo ser antecipada para os 16, caso haja consentimento dos pais.

 

No entanto, por motivos religiosos, de tradição, ou muito simplesmente por motivos económicos, é muito comum que crianças, sobretudo mulheres, casem e engravidem muito cedo, com homens bastante mais velhos, o que aumenta os riscos de relações abusivas, violações e transmissão de doenças sexualmente transmissíveis.

 

Confrontado com o relatório da UNESCO, Jorge Ferrão, ministro da Educação, garantiu que o país ia lançar uma grande campanha de combate aos casamentos de crianças e à gravidez infantojuvenil.

 

“O Governo está a trabalhar em legislação mais apertada e eficaz, a criar grupos de apoio personalizado e anónimo às crianças e adolescentes que engravidam ou vivem em casamentos abusivos e em combater o abandono escolar. Jovens mais cultos estarão mais preparados para se defenderem e vencerem na vida” declarou ao jornal indiano The Saisat Daily, durante uma visita à Índia.

 

Leya

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.