AngolaSociedade

Mais do que sorrisos, a Miss CPLP Angola promete distribuir medicamentos e preservativos

Chama-se Marlene Sipilali, tem 1,75 metros de altura, apenas 18 anos de idade, estuda Engenharia das Telecomunicações e graças à sua beleza venceu o concurso Miss CPLP Angola, que lhe dará a honra de representar o país em março do próximo ano no Concurso Internacional de Misses CPLP em São Tomé e Príncipe. Será a primeira a fazê-lo.

 

Ontem, em Luanda, de onde é natural, em declarações à Angop, Marlene declarou que a sua intenção ao longo do seu mandato será fazer a diferença junto de quem mais precisa.

 

Para isso vai distribuir medicamentos, mosquiteiros, preservativos e apadrinhar crianças, dentro e fora do sistema de ensino, bem como realizar palestras em escolas, unidades policiais e militares sobre vários temas de interesse social.

 

Esta é parte integrante das suas funções, bem como “trabalhar para o fortalecimento e intercâmbio cultural entre os jovens dos países da CPLP, promover o turismo de Angola e a preservação do meio ambiente no seio da comunidade de língua portuguesa” conforme dito pela própria.

Sem comentários

Deixe-nos a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.